No primeiro mistério contemplamos a Agonia de Jesus no Horto das Oliverias
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Vela de Natal

No primeiro mistério contemplamos a Agonia de Jesus no Horto das Oliverias
Mons. João Clá - Livro O Rosário A Oração da Paz - 2008/11/04

Conforme o seu costume, Jesus saiu dali e dirigiu-se para o monte das Oliveiras, seguido dos seus discípulos. Aodoloroso - agonia no horto.jpg chegar àquele lugar, disse-lhes: Orai para que não caiais em tentação. Depois se afastou deles à distância de um tiro de pedra e, ajoelhando-se, orava: Pai, se é de teu agrado, afasta de mim este cálice! Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a tua. Apareceu-lhe então um anjo do céu para confortá-lo. Ele entrou em agonia e orava ainda com mais instância, e seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra. Depois de ter rezado, levantou-se, foi ter com os discípulos e achou-os adormecidos de tristeza. Disse-lhes: Por que dormis? Levantai-vos, orai, para não cairdes em tentação (Lc 22, 39-46).

As orações de Jesus ao Pai constituem uma das mais belas cenas do Evangelho. Onde encontrar, em toda a obra da criação, um relacionamento com Deus tão rico quanto aquele? Jesus é para nós o divino exemplo e conselheiro. Aprendamos dEle a re¬zar para não cair em tentação.

Por este Mistério, peçamos por intercessão da Santíssima Virgem a graça de nos beneficiarmos plenamente das orações de Jesus, em especial desta, feita no Horto das Oliveiras, e assim sejamos com Ele contemplativos.

(Pausa para meditação)

Pai-Nosso, 10 Ave-Marias, Glória, Ó meu Jesus...

Graças do Mistério da Agonia no Horto das Oliveiras, descei em nossas almas. Amém.

 

Votar Resultado 19  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.