VIII Estação - Jesus consola as Filhas de Jerusalém
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Seu nome no Coração de Maria

VIII Estação - Jesus consola as Filhas de Jerusalém
Via Sacra - Mons João Clá - 2008/10/30

V/. Nós Vos adoramos, ó Cristo, e Vos bendizemos.

R/. Porque pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.

8.jpg Seguia-O uma grande multidão de povo e de mulheres, que batiam no peito e O lamentavam. Voltando-se para elas, Jesus disse: Filhas de Jerusalém, não choreis sobre mim, mas chorai sobre vós mesmas e sobre vossos filhos (Lc 23, 28).

 Jesus, embora mergulhado nos tormentos da Paixão, caminhava para o triunfo do cumprimento de Sua missão. Mas, na sua infinita justiça, não deixava de advertir as santas mulheres da necessidade de repararem o pecado coletivo. Não bastava comoverem-se com a tragédia de um Deus injustiçado. Era indispensável aplacar a cólera divina contra os homens, pelo crime cometido.

 Ó Jesus, Senhor da Justiça que a todo bem premiais e a todo mal castigais, dai-me a graça de ter plena consciência de minhas loucuras, crimes e pecados, a fim de pedir-Vos perdão com sinceridade. Quanto mais profundamente eu reconhecer minhas faltas, melhor será o meu arrependimento e mais completa será a Vossa absolvição.

 Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória.

 V/. Sagrado Coração de Jesus, vítima dos pecadores.

R/. Tende piedade de nós.

V/. Pela misericórdia de Deus descansem em paz as almas dos fiéis defuntos.

R/. Amém.

 

 

Votar Resultado 44  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
Vandevaldo
  -   15 de abril de 2011

Cada texto que lemos sobre as Estações da Via Sacra, nós adquirimos, gratuitamente, diversos aprendizados, especificamente, de relevância espiritual. Na presente página, está inserido, visivelmente, no último parágrafo, o sublime Sacramento da Confissão em toda sua plenitude. Que neste final do tempo quaresmal e quase início da Semana Santa, procuremos está em paz e em comunhão com todos irmãos para vivenciarmos os caminhos da Paixão, desde a condenação, flagelação e crucificação de JESUS e com alegria festejarmos sua vítória com a sua ressurreição, a PÁSCOA.
  ORAÇÕES