Basílica Menor Arautos do Evangelho

Com sumo poder Apostólico, perpetuamente, elevamos a Igreja de Nossa Senhora do Rosário ao grau e dignidade de Basílica Menor". Essa palavras lidas ontem no
Breve Apostólico de Bento XVI trouxeram alegria e esperança para a
instituição  dos Arautos do Evangelho

O dia de Nossa Senhora Auxiliadora foi duplamente comemorado pelos Arautos do Evangelho. Além das celebrações normais em louvor e honra da Santa Mãe de Deus, Auxiliadora dos Cristãos, havia algo bastante especial para ser comemorado: A Igreja de Nossa Senhora do Rosário, na Diocese de Bragança Paulista foi elevada à categoria de Basílica Menor, justamente nesse dia.

Esta Igreja pertence ao conjunto de edifícios no qual se encontram o Seminário da Sociedade Clerical Virgo Flos Carmeli e a Casa de Formação dos Arautos do Evangelho.

A cerimônia de entrega do Breve Apostólico que elevava a Igreja à condição de Basílica Menor transcorreu com grande solenidade durante a Celebração Eucarística presidida por Dom Sérgio Aparecido Colombo, Bispo de Bragança Paulista, no Estado de São Paulo.

O Breve de Sua Santidade foi entregue por Dom Sergio Colombo a Monsenhor João Clá Dias, fundador e presidente geral dos Arautos do Evangelho. Em seguida deu-se a leitura das palavras do Santo Padre por um dos concelebrantes.

No término da cerimônia, foi descerrado o tecido que cobria os símbolos que identificam uma Basílica Menor: o Brasão Papal, o Brasão do Bispo e as chaves pontifícias.

O Breve Apostólico

Dado em Roma, junto a São Pedro, sob o anel do Pescador, no dia 21 de Abril do ano de 2012, oitavo do Nosso Pontificado.

Assim termina o decreto Papal que foi dado a conhecimento através do Cardeal Tarcísio Bertone, Secretário de Estado da Santa Sé.

Nele, "Sua Santidade o Papa Bento XVI --ad perpetuam rei memoriam-- afirmou que "entre os templos sagrados da Diocese de Bragança Paulista no Brasil, destaca-se, merecidamente, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, erigida na cidade de Caieiras, à qual os fiéis da região costumam dirigir-se a fim de implorar o poderoso auxílio daquela que é a Cheia de Graça, para que conduza a existência deles segundo os preceitos do Evangelho.

Por esta razão, uma vez que o Venerável Irmão Sérgio Aparecido Colombo, Bispo da referida Sede, com carta do dia 1 de Março deste ano, em nome do clero e também do povo, pediu que honrássemos este templo com o título e dignidade de Basílica Menor, Nós, desejando dar provas de especial benevolência, com sumo agrado pelas fervorosas preces, julgamos que deva ser concedido."

Assim foi que, afirma ainda o Santo Padre, "atendidos totalmente os requisitos que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, com as faculdades por Nós concedidas, estabeleceu nesta matéria, com o sumo poder Apostólico, em virtude desta carta e perpetuamente, elevamos a Igreja mencionada ao grau e dignidade de Basílica Menor, conferidos todos os direitos e concessões litúrgicas, que devidamente competem aos edifícios sagrados honrados com este título, observado o que determina o Decreto De titulo Basilicae Minoris, promulgado no dia 9 de Novembro de 1989."

E o Sumo Pontífice continua em seu Breve: "Estamos certos de que a honra concedida incitará o coração dos fiéis a venerar cada vez mais a Santíssima Mãe de Deus e da Igreja.

Cerimonia_Basilica Menor_1.jpg
Cerimonia_Basilica Menor_2.jpg
 Cerimonia_Basilica Menor_3.jpg  Cerimonia_Basilica Menor_4.jpg

Desejamos que esta carta produza efeito a partir de agora e para a posteridade, sendo revogadas quaisquer disposições em contrário."

Basílicas maiores e menores

O termo Basílica provém do grego e significa originalmente "casa real". Essa palavra designava um majestoso edifício público, que nas civilizações grega e romana se destinava comummente à sede de um tribunal de justiça.

A palavra Basílica começou a fazer parte do vocabulário católico quando várias dessas construções se converteram em templos cristãos.

Existem dois tipos de basílicas: as maiores e as menores.

As maiores são poucas, particularmente as quatro basílicas papais romanas (São João de Latrão, São Pedro, Santa Maria Maggiore e São Paulo Extramuros), ainda que também sejam consideradas basílicas papais as de São Lorenço Extramuros e a Igreja de São Francisco, em Assis, pois tem altar Papal e trono.

Outra interessante característica das basílicas maiores é que seu altar-mor é de uso exclusivo do Papa, podendo ser utilizado por outro celebrante somente com uma autorização própria. Além disso possui uma Porta Santa que, sendo transposta durante os anos jubilares, concede indulgências.

Formando uma "coroa" ao redor das Basílicas Maiores se encontram as Basílicas Menores, mais de 1.500 em todo o orbe.

Para que um templo possa alcançar o título de basílica, o que ocorre por meio de um Breve Apostólico, devem-se cumprir três requisitos:

1º) Ser um templo de régio esplendor, com arquitetura destacada;
2º) O templo deve ser foco espiritual de uma comunidade que é santuário para a multidão de devotos que acodem a ele;
3º) Abaixo de suas abóbadas deve existir um tesouro espiritual e sagrado, dando culto ininterrupto ao Senhor, à Virgem Maria e ao Santo venerado nele.

Arautos do Evangelho

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
Bruno
  -   25 de maio de 2012

Será possivel colocar mais fotos da Basilica no site? Seus detalhes, sua fachada, deve ser muito bonita e importante para ser elevada a basilica.
João Eudes
  -   29 de maio de 2012

Parabéns aos queridos irmãos e irmãs dos Arautos do Evangelho, por esta graça alcançada das mãos da Virgem Maria.
Danilo
  -   28 de fevereiro de 2013

hoje estive na comunidade São Jose da paroquia nossa senhora de Fatima em Ícoaraci /Belém do Pará vejo por meio dos dois rapazes que estavam la que a nossa sociedade catolica esta expandindo que ainda ha jovens destinados ha envangelização deste mundo espero que esta seja a primeira de muitas visitas em nossa paroquia com carinho danilo lucas guarda aspirante de nossa senhora de fatima em icoaraci