Evangelho do dia 2016-06-26
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Vela a Nossa Senhora de Fátima

Evangelho do dia 2016-06-26
Bíblia - 2016/06/26

Domingo, 26 de Junho de 2016.

Santo do dia: São Josemaría Escrivá de Balaguer, presbítero; Beato Tiago Ghazir Haddad, presbítero
Cor litúrgica: Verde

Evangelho do dia: São Lucas 9,51-62

Primeira leitura: Reis 19,16.19-21
Leitura do Primeiro Livro dos Reis:

Naqueles dias: disse o Senhor a Elias: vai e unge 16ba Eliseu, filho de Safat, de Abel-Meula, como profeta em teu lugar.
19Elias partiu dali e encontrou Eliseu, filho de Safat, lavrando a terra com doze juntas de bois; e ele mesmo conduzia a última. Elias, ao passar perto de Eliseu, lançou sobre ele o seu manto. 20Então Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias, dizendo: 'Deixa-me primeiro ir beijar meu pai e minha mãe, depois te seguirei'. Elias respondeu: 'Vai e volta! Pois o que te fiz eu? 21Ele retirou-se, tomou a junta de bois e os imolou. Com a madeira do arado e da canga assou a carne e deu de comer à sua gente. Depois levantou-se, seguiu Elias e pôs-se ao seu serviço.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Salmo 15 (16)

- Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor: nenhum bem eu posso achar fora de vós!' Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,meu destino está seguro em vossas mãos!

R: Ó Senhor, sois minha herança para sempre!

- Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, pois se o tenho a meu lado não vacilo.

R: Ó Senhor, sois minha herança para sempre!

- Eis por que meu coração está em festa, minha alma rejubila de alegria, e até meu corpo no repouso está tranqüilo; 10pois não haveis de me deixar entregue à morte, nem vosso amigo conhecer a corrupção.

R: Ó Senhor, sois minha herança para sempre!

- Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto a vós, felicidade sem limites, delícia eterna e alegria ao vosso lado!

R: Ó Senhor, sois minha herança para sempre! 

Segunda leitura: Gálatas 5, 1.13-18
Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas:

Irmãos: 1É para a liberdade que Cristo nos libertou. Ficai pois firmes e não vos deixeis amarrar de novo ao jugo da escravidão. 13Sim, irmãos, fostes chamados para a liberdade. Porém, não façais dessa liberdade um pretexto para servirdes à carne. Pelo contrário, fazei-vos escravos uns dos outros, pela caridade. 14Com efeito, toda a Lei se resume neste único mandamento: 'Amarás o teu próximo como a ti mesmo'. 15Mas, se vos mordeis e vos devorais uns aos outros, cuidado para não serdes consumidos uns pelos outros. 16Eu vos ordeno: Procedei segundo o Espírito. Assim, não satisfareis aos desejos da carne. 17Pois a carne tem desejos contra o espírito, e o espírito tem desejos contra a carne. Há uma oposição entre carne e espírito, de modo que nem sempre fazeis o que gostaríeis de fazer. 18Se, porém, sois conduzidos pelo Espírito, então não estais sob o jugo da Lei.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9,51-62

- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Fala, Senhor, que te escuta teu servo! Tu tens palavras de vida eterna! (1Sm 3,9; Jo 6,68)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:

Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém 52e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, para preparar hospedagem para Jesus. 53Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém. 54Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: 'Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?' 55Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. 56E partiram para outro povoado. 57Enquanto estavam caminhando, alguém na estrada disse a Jesus: 'Eu te seguirei para onde quer que fores.' 58Jesus lhe respondeu: 'As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça.' 59Jesus disse a outro: 'Segue-me.' Este respondeu: 'Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai.' 60Jesus respondeu: 'Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus.' 61Um outro ainda lhe disse: 'Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares.' 62Jesus, porém, respondeu-lhe: 'Quem põe a mão no arado e olha para trás, não está apto para o Reino de Deus.'

- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

Comentário do dia por São Leão Magno (?-c. 461)
Papa, Doutor da Igreja
Sermão 71, para a ressurreição do Senhor; PL 54, 388

«Quem tiver lançado as mãos ao arado e olhar para trás não serve para o reino de Deus.»

Meus caros, Paulo, o apóstolo dos pagãos, não contradiz a nossa fé quando diz: «Ainda que tenhamos conhecido a Cristo à maneira humana, agora já não O conhecemos assim» (2Cor 5,16). A ressurreição do Senhor não pôs um termo à sua carne; transformou-a. O aumento da sua força não destruiu a sua substância. A qualidade mudou, mas a natureza não foi aniquilada. Crucificaram aquele corpo, ferrando-o a pregos, e ele tornou-se inacessível ao sofrimento. Deram-lhe a morte, e Ele tornou-Se imortal. Assassinaram-no, e Ele tornou-Se incorruptível. Bem podemos dizer que a carne humana de Cristo não é a que tínhamos conhecido, porque nela deixou de haver vestígios de sofrimento ou de fraqueza. Continua a mesma na sua essência, mas já não é a mesma quanto à glória. Não surpreende, pois, que São Paulo se exprima desta maneira a propósito do corpo de Jesus Cristo, referindo-se a todos os cristãos que vivem segundo o espírito: «De agora em diante, não conhecemos ninguém à maneira humana».

Quer com isto dizer que a nossa ressurreição começou em Jesus Cristo. Nele, que morreu por nós, toda a esperança tomou corpo. Deixou de haver em nós dúvida, hesitação, espera desiludida; as promessas começaram a cumprir-se e conseguimos já ver, com os olhos da fé, a graça com que amanhã seremos cumulados. A nossa natureza elevou-se; na alegria, já possuímos o objeto da nossa fé [...].

Que o povo de Deus tome consciência de que se «está em Cristo, é uma nova criação» (2Cor 5,17). Que compreenda bem Quem o escolheu, e a Quem ele próprio escolheu. Que o ser renovado não volte à instabilidade do seu antigo estado. Que, depois de «lançar a mão ao arado», não pare de trabalhar, cuide do grão que semeou, sem se voltar para trás, para o que abandonou. [...] É esta a via da salvação; é a maneira de imitar a ressurreição que começou com Cristo.

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  ORAÇÕES