Massivo número de fiéis, em Coimbra, Portugal, visitam relíquia da rainha Santa Isabel
Acesse sua conta Login
Faça parte Cadastrese!
Arautos do Evangelho
Arautos Podcast contato Contato Rezem por mim
  Vela de Santa Rita de Cássia

Massivo número de fiéis, em Coimbra, Portugal, visitam relíquia da rainha Santa Isabel
Gaudium Press - 2012/07/04

Coimbra (Quarta-feira, 04-07-2012, Gaudium Press) Uma massivo número de fiéis de vários cantos de Portugal e do mundo tem visitado o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, na Diocese de Coimbra. O motivo: ver a relíquia da mão da rainha Santa Isabel.

Como informou o pároco local, Padre António Sousa, à Agência Ecclesia, a visita dos peregrinos tem formado filas ininterruptas no templo. O sacerdote informou também que a manifestação de devoção dos fiéis deve se prolongar até a próxima segunda-feira, 09 de julho.

A mão de Santa Isabel é posta para exposição apenas em ocasiões especiais, geralmente efemérides da Igreja Católica ou relacionadas com a vida da rainha. Este ano, por exemplo, celebra-se o 4.º centenário da primeira abertura do túmulo.

As festividades em honra à San Isabel estão sendo realizadas em Coimbra desde o dia 24 de junho e se prolongarão até domingo. Hoje, 04, a Igreja Católica celebra a memória litúrgica da rainha. E amanhã, 05, será realizada a chamada procissão penitencial, na qual a imagem sairá do mosteiro de Santa Clara-a-Nova para a Igreja de Santa Cruz, onde ficará o domingo.

Entrevistado pela Agência Ecclesia a respeito da devoção pela santa, o presidente da Confraria da rainha Santa Isabel, António Rebelo, declarou que a fama dela já ultrapassou as fronteiras. Conforme ele, a rainha santa conseguiu "criar empatia com o povo devido à forma como viveu a sua vida e praticou as virtudes cristãs".

Santa Isabel
Conhecida pela sua atenção aos pobres, Santa Isabel nasceu em 1271. Era filha dos reis de Aragão e casou com Dom Dinis, rei de Portugal na época, tornando-se assim rainha. Contudo, logo após a morte do seu marido, tomou o hábito da Ordem Terceira de São Francisco

Santa Isabel morreu no ano 1336, quando mediava o acordo de paz entre seu filho e seu genro. Seu túmulo encontra-se em Santa Clara-a-Nova. O culto à santidade da rainha Isabel nasceu da fama popular, logo após a sua morte em Estremoz. A rainha foi beatificada em 1516 e canonizada em 1625.

 

Votar Resultado 0  Votos

Gostou desta página? Então comente e participe da nossa família! Se ainda não é usuário, basta se cadastrar. É simples, rápido e gratuito! Se já é usuário, basta fazer seu login.
  ORAÇÕES