Fale conosco
 
 
Receba nossos boletins
 
 
 
Notícias


Notícias


A Sagrada Família de Nazaré deve ser um ponto de referência para os lares, afirmam Bispos espanhóis
 
AUTOR: GAUDIUM PRESS
 
Decrease Increase
Texto
Solo lectura
0
0
 

Madri – Espanha (Quarta-feira, 26-11-2014, Gaudium Press) “A alegria do Evangelho da Família”, será o tema para a Jornada da Sagrada Família 2014 que se celebrará em toda Espanha no próximo dia 28 de dezembro. Por ocasião deste evento, que anima cada ano a Igreja Católica do país europeu, os Bispos da Subcomissão para a Família e Defesa da Vida do Episcopado Espanhol -presidido por Dom Mario Iceta Gavicagogeascoa, Bispo de Bilbao-, dirigiu uma mensagem aos fiéis no qual chamam a todos a ver na Sagrada Família de Nazaré um ponto de referência para os lares e convidam a anunciar o ‘Evangelho da Família’.A Sagrada Família de Nazaré deve ser um ponto de referência para os lares, afirmam Bispos espanhóis.jpg

Ao iniciar a missiva os prelados fazem menção à Exortação Apostólica ‘Evangelii Gaudium’ do Papa Francisco -da qual se inspira o tema da jornada-, para recordar que “a família atravessa uma crise cultural profunda”, onde “a fragilidade dos vínculos se torna especialmente grave porque se trata da célula base da sociedade, o lugar onde se aprende a conviver na diferença e a pertencer a outros e onde os pais transmitem a Fé a seus filhos”.

Sobre o qual se perguntam: “como evangelizar e como anunciar o Evangelho da família onde reina uma concepção antropológica que constitui a cultura dominante e transforma a concepção e o sentido do amor, da sexualidade e da corporeidade?”; e logo respondem: “Diante deste conceito, o Evangelho anuncia a boa notícia de que é possível conhecer o amor verdadeiro, um amor que se mostra como vocação, como caminho até a plenitude, que preenche o coração humano e o faz livre e feliz”.

Neste sentido, os membros da Subcomissão para a Família recordam que a vocação ao amor é o centro do Evangelho da família, que sua verdade se revela na união do homem e da mulher e que “com a criação do ser humano se descobre como o amor de Deus se torna realidade na vida humana, e como a diferença sexual é uma realidade originária que nos mostra a dimensão da comunhão do amor. Esta unidade é fecunda na unidade dos cônjuges e na geração dos filhos”. “Deus se serve do amor esponsal para revelar seu amor”, acrescentam.

Referindo-se ao tema da jornada, os prelados fazem eco de algumas palavras que pronunciou o Papa Emérito Bento XVI, na Vigília do Hyde Park em Londres por ocasião da Beatificação do Cardeal Jhon Henry Newman em 2010: “Cristo necessita famílias para recordar ao mundo a dignidade do amor humano e da beleza da vida familiar”.

“Essa alegria da vida em família faz parte da natureza mesma do ser humano, devido a sua inerente vocação ao amor e a felicidade”, continuam os Bispos.

Ao concluir a mensagem, os membros da Subcomissão para a Família, convidam para que na próxima solenidade da Sagrada Família “peçamos a graça de experimentar a alegria do Evangelho da família e ser testemunhas desta alegria nos lares, na Igreja e no conjunto da sociedade, de modo particular ali onde as diversas pobrezas materiais, sociais ou espirituais precisam de um anúncio convincente de esperança e salvação”.

Para preparar espiritualmente a Jornada da Sagrada Família, a Conferência Episcopal Espanhola preparou alguns materiais entre os quais se encontram a mensagem dos Bispos para o evento, assim como um subsidio litúrgico que serve de guia para as celebrações desse dia, o cartel da jornada, sua oração, assim como um subsídio para orar em família no Natal. (GPE/EPC)

 
Comentários