Fale conosco
 
 
Receba nossos boletins
 
 
 
Notícias


Notícias


Catedral do México recebe Jornada do Perdão
 
AUTOR: GAUDIUM PRESS
 
Decrease Increase
Texto
Solo lectura
0
0
 

Cidade do México – México (Quinta-feira, 16-03-2017, Gaudium Press) A Catedral Metropolitana do México anuncia que realizará uma Jornada ininterrupta de perdão. Durante todo o dia, um grupo de sacerdotes estará disponível no templo capitalino para aproximar os fiéis ao Sacramento da Reconciliação.

Catedral do México recebe Jornada do Perdão.png

A “Maratona de Confissões”, como é conhecida esta iniciativa, é a sexta que se realiza na igreja insigne da Cidade do México. A mais recente ocorreu no dia 18 de novembro por ocasião do encerramento do Ano Santo da Misericórdia. Nesta oportunidade o evento, que ocorrerá no dia 07 de abril das 08h às 19h, faz parte das atividades promovidas pela Arquidiocese do México por ocasião do tempo da Quaresma.

O propósito da jornada é o de ajudar os fiéis a praticarem o arrependimento e se aproximarem de Deus por meio do Sacramento da Reconciliação, aproveitando a Quaresma, e desta maneira preparar o caminho para a Paixão e Morte de Jesus Cristo, rumo à celebração da Páscoa da Ressurreição.

O venerável Capítulo da Catedral Metropolitana do México, através de um comunicado assinado pelo Cônego Ricardo Valenzuela, que é o Sacristão Maior da Catedral, está convocando aos sacerdotes da Arquidiocese para que colaborem com a jornada.

“Os padres que puderam apoiar um par de horas (ou mais) nos horários que lhes resultem propícios ajudarão os fiéis a implorar o perdão de Deus na sexta-feira da quinta semana da quaresma”, diz o comunicado.

A missiva do Capítulo também recorda que o Papa Francisco concedeu a todos os sacerdotes, em razão de seu ministério, a faculdade de absolver o pecado do aborto. Tal como assinalou o Pontífice na Carta Apostólica ‘Misericordia et misera’, que apresentou o Santo Padre ao concluir o Jubileu Extraordinário da Misericórdia.

“(…) para que nenhum obstáculo se interponha entre a petição de reconciliação e o perdão de Deus, de agora em diante concedo a todos os sacerdotes, em razão de seu ministério, a faculdade de absolver aos que tenham procurado o pecado do aborto. Quanto havia concedido de modo limitado para o período jubilar, o estendo agora no tempo, não obstante qualquer coisa em contrário. Quero enfatizar com todas as minhas forças que o aborto é um pecado grave, porque põem fim a uma vida humana inocente. Com a mesma força, no entanto, posso e devo afirmar que não existe nenhum pecado que a misericórdia de Deus não possa alcançar e destruir, ali onde encontra um coração arrependido que pede reconciliar-se com o Pai. Portanto, que cada sacerdote seja guia, apoio e alívio na hora de acompanhar aos penitentes neste caminho de reconciliação especial”, escreve o Papa na Carta Apostólica.

A “Maratona de Confissões” é uma iniciativa que vem sendo realizada há alguns anos na Catedral Metropolitana do México como preparação espiritual de datas importantes: a Páscoa, o Advento, e os Jubileus, como o da Misericórdia, encerrado em novembro passado.

Aqueles que se aproximam deste Sacramento “obtêm da misericórdia de Deus o perdão dos pecados cometidos contra Ele e, ao mesmo tempo, se reconciliam com a Igreja, a qual ofenderam com seus pecados. Ela lhes move à conversão com seu amor, seu exemplo e suas orações”, recorda o Catecismo da Igreja Católica. (EPC)

 
Comentários