Arautos do evangelho

Grandes Milagres - San Gennaro

san gennaro

19 de Setembro - Bispo e mártir (século III)

Saiba mais sobre o milagre de San Gennaro. Ninguém
até hoje conseguiu explicar os milagres que se repetem
anualmente diante de milhares de pessoas na Napoli.

Arautos do evangelho

Grandes Milagres - San Gennaro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

san gennaro

19 de Setembro
Bispo e mártir (século III)

Um fenômeno não explicável pela ciência humana

De repente, os assistentes mais próximos notam que a massa contida na ampola começa a se alterar e, em pouco tempo, transforma-se num líquido espesso.

O sacerdote prossegue girando o relicário, para deixar ver que a massa sólida se liquefez toda e não está mais colada ao cristal. Verificando que o sangue está inteiramente liquefeito e borbulhante, o “deputado” da Comissão do Santuário (formada por doze leigos) faz com um lenço o sinal de reconhecimento do milagre. O sacerdote, então, anuncia solenemente:

— O milagre aconteceu!

Pelo seu zelo, recebeu o prêmio do martírio

De San Gennaro — como, aliás, de quase todos os santos dos primeiros séculos — a História registra poucos fatos. Era ele Bispo de Benevento, ao sul da Itália, durante a última grande perseguição contra os cristãos, decretada por Diocleciano, em 305. Indo freqüentemente aos cárceres prestar assistência aos cristãos, foi também preso e condenado pelo crime de proclamar a Fé católica, e decapitado juntamente com seis filhos espirituais seus.

Receba as Newsletters dos
Arautos do Evangelho

Obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso 😁

E o sangue, qual é sua história?

A esta pergunta do correspondente da Revista Arautos do Evangelho, responde Mons. Vincenzo de Gregório, Abade-Prelado da Capela do Tesouro de San Gennaro, em Nápoles:

“Sobre o sangue, não temos nenhum documento antigo a não ser a partir de 1389. É uma crônica na qual se relata que em Nápoles acontece o prodígio do sangue que se liquefaz. Supõe-se que esse documento, originário da Sicília, já existia antes de 1389. Desde quando? Ninguém pode dizê-lo.

“A única coisa que remonta à época de San Gennaro é a forma da ampola. Do ponto de vista arqueológico, ela tem uma forma típica de uma ampola do século IV.”

“As investigações científicas levam a considerar que dentro dessa ampola há sangue humano. Isto é o que se conclui do exame de espectroscopia, que é atualmente o exame mais adequado.” Mas como garantir que esse sangue é realmente de San Gennaro?

“Este é um motivo de séria reflexão”, responde Mons. Vincenzo. “Esse sangue sempre foi considerado de San Gennaro, e, portanto, perde-se na noite dos tempos a tradição oral que mantém esta relação. De outro lado, é verdade que existia o costume de guardar o sangue dos mártires. Há, pois, fundamentos históricos para tomar como segura a tradição popular.”

Milagres Católicos - San Gennaro

A Capela do Tesouro de San Gennaro

No ano de 1527, em conseqüência de um voto feito a San Gennaro para obter a cessação de uma grande epidemia que havia matado cerca de 60.000 pessoas, decidiu-se construir uma nova igreja para abrigar as preciosas relíquias. A construção, porém, iniciou-se somente em 1608. A inauguração deu-se 40 anos depois.

Milagres Católicos - Relicário

Receba as Newsletters dos Arautos do Evangelho

Obrigado! Seu cadastro foi realizado com sucesso 😁

O sangue dos mártires, símbolo do Sangue Eucarístico

A pedido do representante dos Arautos, Mons. Vincenzo envia uma mensagem pessoal a nossos leitores:

“Em minha opinião, o vínculo de amizade e amor que nos une a Deus no Sangue Eucarístico, encontra um fortíssimo símbolo no sangue dos mártires.

“Neste caso concreto, é um sangue muito vivo e, portanto, dá o motivo de uma fé viva, que segue brotando, manando. Absolutamente, o sangue é uma mensagem de fé. É a eternidade de Deus que continua a irromper.”

Os Milagres Católicos

Grandes Milagres

da santa igreja

Veja também outros Milagres Católicos da Santa Igreja.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

© Copyright. Todos os direitos reservados