Fale conosco
 
 
Receba nossos boletins
 
 
 
Notícias


Notícias


Convivência entre pais e seminaristas é tema de evento no Rio de Janeiro
 
AUTOR: GAUDIUM PRESS
 
Decrease Increase
Texto
Solo lectura
2
0
 

Petrópolis – Rio de Janeiro (Quinta-feira, 16-03-2017, Gaudium Press) A importância dos pais na formação dos candidatos ao sacerdócio foi abordada durante a primeira edição da Convivência de Pais e Seminaristas, promovida pelo Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino, em Petrópolis, Rio de Janeiro. O evento teve o intuito de promover a integração das famílias com a vida desta instituição.

Convivência entre pais e seminaristas é tema de evento no Rio de Janeiro.jpg

“Essa ideia foi uma coisa muito de Deus, porque a gente vê na formação – e os documentos da Igreja falam isso – a importância que a família tem na formação do candidato ao ministério sacerdotal”, explicou o reitor do Seminário, Padre Luiz Henrique Veridiano.

O sacerdote recordou ainda que o Seminário possui outras atividades que possibilitam a presença dos pais. Contudo, assinalou que a proposta era realizar algo “mais intenso”.

“O objetivo está sendo alcançado, que é integrar. Que bom poder ver as famílias aqui felizes, caminhando pelo Seminário, conversando com seus filhos, com os formadores, com o Bispo. Assim, vamos fazendo essa integração tão importante”, afirmou.

Na ocasião, os seminaristas e seus familiares participaram de uma programação que contou com diversas atividades, desde palestras e dinâmicas até momentos de interação e a Santa Missa.

Segundo o Padre Veridiano, um dos pontos mais altos após a Missa foi uma palestra que descreveu, resumidamente, a vida do Seminário, mostrando como é o dia a dia dos seminaristas. “Falamos para os pais dos gastos que o Seminário tem, que são muitos, e toda ajuda é muito bem-vinda. Resultado muito bom já tivemos, a sensibilidade deles em dizer ‘confiamos em vocês, a coisa é séria e nós estamos juntos'”.

“Para nós, o objetivo está sendo alcançado sim e tenho certeza de que vamos colher muitos frutos daqui para frente nessa inciativa que eles mesmos vão pedir que se repita muitas e muitas vezes aqui no Seminário. Esperamos integrar: juntos nós podemos rezar, podemos pensar, podemos fazer muita coisa boa pela formação sacerdotal aqui na nossa querida Diocese de Petrópolis”, completou o reitor.

Por sua vez, o vice-reitor, Padre Thiago José, acredita que o encontro foi um resultado também de um desejo da reitoria de fazer com que se movessem “todas as forças de nossa Diocese para a formação sacerdotal: paróquias, sacerdotes, leigos e, imediatamente, pensamos também nos pais”.

“O encontro com os pais contribuiu para os meninos no cotidiano deles e naquilo que diz respeito até o próprio Documento de Aparecida, que diz que a formação sacerdotal vai ser uma tarefa da Diocese, do Bispo, dos formadores, mas também da família, de acompanhar os candidatos nesse momento”, declarou o Padre Thiago. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Petrópolis

 
Comentários